Linee di spiritualità A.M.


“A. M.” – Com Maria na Igreja para um Mundo Novo
Linhas da espiritualidade mariana “A.M.”

 

* “Conheça a si mesmo”, na fé:

– mediante o Batismo você se tornou e deveras o é, “filho de Deus”, em Jesus Cristo, Filho do Pai e de Maria. Esta é uma nobreza infinita, mas também um altíssimo compromisso, que exige de você uma res­posta coerente.

– Com efeito, o Espírito Santo que você recebeu no Batismo, transformou com a sua graça a sua vida humana numa nova Vida, e doa capacidade e mérito divino ao seu agir humano, até que você permaneça em comunhão com Ele.

– E, dado que você é filho de Deus e herdeiro do céu, o Pai quer que você também partilhe o Seu projeto misericordioso de salvação com todos os homens, empenhando-se por colocar – em Cristo e na Igreja – todos os dons da natureza e da graça que Ele lhe concedeu.


* “Conheça “quem é Maria”, na Igreja:

– É a Imaculada Mãe de Deus, que por nós acolheu, no coração e no ventre, o Verbo do Pai que veio para nos salvar.

– É a humilíssima serva do Pai, inteiramente con­sagrada para cumprir até o último dia da história humana a vontade salvífica d`Ele em nosso favor.

– É a indissolúvel cooperadora do Salvador, sua generosa e heróica companheira em toda a história da nossa salvação, da Anunciação à Cruz, “até à coroação perpétua de todos os eleitos” (LG 62); viveu com Ele cada uma de suas ações, pequenas ou grandes, com firmeza de fé e ardente caridade, “para restaurar a vida sobrenatural das almas” (LG 61).

– É o santuário vivente do Espírito Santo, eterno Amor, que dilatou tanto o seu coração, a ponto de transformár-la em Mãe de todos os homens, capaz de acolher a todos.

– por testamento do Filho agonizante – como filhos, e de amar a todos eles com o mesmo amor com que ama Jesus.

– É a Mãe da Igreja, sacramento de salvação, a sua mais alta e perfeita realização: sua raiz seu coração, seu modelo realizado de amor virginal ao Esposo divino e de ternura materna para com a família humana, sua inseparável cooperadora no doar a todos a luz da Verdade e a graça da Vida.

– È a sua Mãe dulcíssima, que lhe acompanha no seu caminho de realização e que também lhe quer capaz de partilhar com ela as suas misericórdias e as suas ânsias, para que todos os homens se tornem um único “homem novo” em Cristo, na suas existências terrenas e nas suas vocações eternas.


* A Mãe de Deus lhe pede:

– Se você quer “se empenhar com ela” para se tornar em suas mãos e no seu coração um instrumento de graça e de paz, para a reconciliação de todos e para a salvação eterna de todos.


* “Como?”

– Não procurando coisas extraordinárias, mas vivendo com extraordinário estilo (ou seja, com fé sincera e com ardente amor) as coisas ordinárias e quotidianas da vida;

– de modo porém, que você não viva para si ou para o seu pequeno mundo, mas “para todos”: passados, presentes e futuros, próximos e distantes, partilhando com todos as alegrias e as penas; as fadigas e as esperanças, “para o hoje da terra” e “para o amanhã do céu”.

– Assim a sua vida se tornará, nas mãos de Maria, um tesouro precioso, proporcional ao modo com o qual você se empenhará a se tornar – como Ela – “mais homem” e “mais cristão” (honesto, laborioso, aberto a todos), quase como um Evangelho vivente.

– Assim, as suas ações se abrirão cada dia sobre os horizontes sem confim da humanidade:


* Você se sentirá – como Maria e com Ela – “representante” de todos diante do Senhor, para adorar, agradecer, oferecer, rezar “por todos”, desde aqueles que vivem próximos ou que venha a encontrar, até os mais distantes no espaço e no tempo;


* Habituar-se-á a olhar a todos com olhos de Mãe, a predispor-se a todos – nos limites do possível – com a sua zelosa atenção, a fazer tudo a todos com o seu Coração que a todos ama e acolhe.
O Espírito Santo, que guiou Maria e nela habita, lhe mostrará como você pode “empenhar-se com Ela para um mundo novo”.

Ato de compromisso

Em nome e glória da Trindade bendita, que te quis Mãe de Cristo Salvador e Mãe da humanidade a ser salvada, consciente da minha indignidade, mas confiando na sua ajuda materna, eu, que por meio do Batismo já vivo no mistério de Cristo e da Igreja, ponho-me [hoje] inteiramente em suas mãos, ó Maria:

– para caminhar contigo, para cooperar na Igreja contigo para a salvação do mundo, para levar ao cumprimento dia após dia contigo, o meu compromisso de amor e de serviço aos irmãos,

– com a sua luminosidade e fé, com o suo evangélico testemunho de vida, com o ímpeto de amor com o qual Tu amas a todos como filhos, faça com que também eu os abrace a todos no teu Coração,

– transformando para eles, com a graça do Espírito Santo, a minha vida e cada uma das minhas ações, num ato incessante de amor e de oferta, prolongando em mim a tua maternidade de graça, para o hoje e o amanhã eterno de todos.

Concede-me, ó Madre, um profundo conhecimento de ti, imerge-me nos teus operosos silêncios, doe-me a tua humilde disponibilidade ao Senhor e a tua delicada solicitude para com os irmãos, dá-me o teu Coração para amar, vive em mim a tua ânsia de salvar.

Amém.




Home page